Emissora libanesa continua denunciando incursões israelenses – Vermelho

A emissora Al-Manar, do Líbano, divulgou nesta quinta-feira (15) denúncias de invasão israelense no território libanês. De acordo com a reportagem, aviões não tripulados (drones) “de guerra e de vigilância” israelenses têm violado constantemente o espaço aéreo do Líbano, de norte a sul, e tanques de guerra acompanhados de combate também foram detectados.

Tanques israelenses e veículos de combate estiveram patrulhando na fronteira, acompanhando a construção de estradas e fazendo aterros, formando pontos de vigilância avançados, com escavadoras e carros de combate que transportavam tropas.

De acordo com a emissora, as forças israelenses estão se preparando para o que parecem ser manobras imprevistas na proximidade com o Líbano.

Também foi confirmada pela emissora a presença de tropas israelenses nas fronteiras entre as regiões de Al-Wazzani e Al-Ghajar, no sul libanês.

Ainda de acordo com Al-Manar, Israel tem enviado dezenas de tanques, escavadoras e carros de combate para a parte leste dos Golãs sírios (que ocupa já há décadas), para as terras de Shebaa (uma região reivindicada pelo Líbano, mas também ocupada por Israel) e para o sudeste do país.

O número de tanques Merkava trazidos para esta área chega a 85, além dos 40 carros de combate e 20 escavadeiras, segundo Al-Manar.

No começo da semana, a emissora libanesa também havia divulgado a invasão de aeronaves israelenses no espaço aéreo do Líbano, com “extensivos e contínuos” voos sobre o sul do país, “em baixa altitude”.

A Agência Nacional de Notícias Libenesa (NNA, na sigla em inglês) informou que voos israelenses também foram detectados sobre Sidon (a terceira maior cidade do país, no litoral do mar Mediterrâneo) e outros setores do Oeste e do Centro.

Os jatos de guerra chegaram também ao espaço aéreo da capital Beirute e do Monte Líbano (próximo da fronteira com a Síria).

Com Al-Manar,
Da Redação do Vermelho

Fonte: Vermelho.org